sábado, 23 de agosto de 2008

Robert Doisneau (1912 – 1994)

Robert Doisneau ficou conhecido por retratar o modo de vida parisiense. Com humor e empatia registava a vida social e os ambientes quotidianos nas ruas de Paris e arredores. Embora ao longo da sua carreira tivesse trabalhado em áreas tão distintas como a fotografia de modo, fotografia industrial ou fotografia comercial, notabilizou-se pelas suas imagens nas ruas de Paris. No entanto, apesar do valor documental das suas obras nunca permitiu que fizessem dele um historiador da capital francesa, afirmando uma vez fui uma falsa testemunha da minha época.
A sua fotografia mais conhecida, O Beijo do Hotel de Ville, realizada em 1950, que retrata um casal de jovens amantes beijando-se em plena rua de Paris, indiferentes ao que os rodeia, é um ícone da fotografia mundial.



O beijo do Hotel de Ville, Paris, 1950, Robert Doisneau

Robert Doisneau nasceu a 14 de Abril de 1912, em Gentilly, nos arredores de Paris. Licenciado em litografia, começou a trabalhar como fotógrafo industrial e de publicidade em 1934 na fábrica da Renault, em Billancourt, mas acabou por ser demitido por faltar constantemente ao trabalho, perdido em frequentes deambulações pelas ruas de Paris.
Durante a Segunda Guerra Mundial serviu o exército francês e trabalhou para a resistência francesa. Em 1944 assinou um contrato com a revista Vogue, para a qual trabalhou até 1952, primeiro como fotógrafo permanente e, depois como colaborador.
Em 1950 para a revista Life Magazine, realizou uma reportagem sobre jovens apaixonados em Paris. Neste trabalho foi obtida uma das imagens mais famosas da história da fotografia, O Beijo do Hotel de Ville, o retrato de dois jovens apaixonados, Françoise Bornet e Jacques Carteaud, a beijarem-se em frente ao Palácio da Câmara Municipal de Paris.
Robert Doisneau faleceu em Paris em 1994.
Fotografias de Robert Doisneau:


Les enfants de la Place Hébert, Robert Doisneau


Un musicien sous la pluie, 1957, Robert Doisneau

1 comentário:

Heri, hodie, cras, cotidie... disse...

Uma vez procurando por imagens na na INTERNET me deparei com esta linda foto de Robert Doisneau e quis render-lhe homenagem ao colocar na web a história da foto. No post anterior coloquei em forma de slides algumas de suas obras. Pode visitar meu blog que lá está. Posso linkar vocês? Adorei o site! Um abraço.