sábado, 31 de janeiro de 2009

Evgen Bavcar (1948 - )

Evgen Bavcar explora as relações entre a visão e a invisibilidade. Cego desde os 12 anos, fotografa com a ajuda da irmã. As suas imagens são caracterizadas por multi-exposições e pela composição da luz em contraste com ambientes escuros.
Evgen Bavcar nasceu em 1948 na Eslovâquia. Ficou cego aos 12 anos, depois de sofrer dois acidentes. Apesar da incapacidade visual, começou a fotografar aos 17 anos com a ajuda da irmã mais velha.
Doutorado em História, Filosofia e Estética pela Universidade de Sorbonne, em França, Bavcar vive em Paris e viaja por todo o mundo.

Martine Franck (1938 - )

Martine Franck foi a primeira mulher de Henri Cartier-Bresson. Martine nasceu a 2 de Abril de 1938 na Antuérpia, Bélgica. Durante a infância viveu nos Estados Unidos da América e na Inglaterra. Mais tarde, estudou História de Arte na L'École du Louvre em Paris. O interesse pela fotografia surgiu nessa época, durante uma viagem à China.
Em 1964 foi contratada pela Time-Life como assistente dos fotógrafos Eliot Elisofon e Ojon Mill. Na sécada de 1970, documentou o nascimento do Théâtre du Soil, grupo que continuou a acompanhar. Na Vogue destacou-se pelos seus retratos femininos.
Desde 1983 que Martine é membro da agência fotográfica Magnum. Actualmente, é presidente da Fundação Henri Cartier-Bresson.

Gervasio Sánchez ganha Prémio Internacional de Periodismo Rey de España

O espanhol Gervasio Sánchez foi galardoado com o Prémio Internacional de Periodismo Rey de España, na categoria de Fotografia, com uma imagem da série Vidas minadas, 10 anos depois, que mostra o impacto das minas antepessoais.
O projecto fotográfico, realizado em 1995, em vários países, entre eles o Afeganistão, Angola e Camboja, foi publicado no suplemento Magazine do jornal La Vanguardia e no Heraldo de Aragón, em Novembro de 2007.
O Premio Internacional Rey de España está na sua 26ª edição e conta com o patrocínio da Agência EFE e da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID).

Vidas minadas, 10 anos depois, Gervasio Sánchez

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

A força do movimento

As imagens do fotógrafo alemão Holger Pooten são caracterizadas pelo constante movimento. Com uma dose de criatividade e fantasia, Pooten cria situações com muito ritmo e acção.

http://www.holgerpooten.com/

Eugenio Recuenco

O fotógrafo espanhol Eugenio recuenco está a destacar-se cada vez mais no mundo da fotografia de moda. As suas imagens criativas, com uma grande dose de mistério e erotismo, remetem para clichés visuais próximos das produções cinematográficas.
Os seus trabalhos são publicados nas mais conceituadas marcas do mundo da alta costura. Chanel, Carolina Herrera, Louis Vuitton, Diesel e Carrera y Carrera são apenas algumas. Actualmente, trabalha exclusivamente para a Vogue.
Entre os inúmeros prémios que já ganhou destaca-se o VABC Photography Prize pelo trabalho Conception delivery, games and education, em 2003.

http://www.eugeniorecuenco.com/

Uma imagem, uma história

Lunch atop a Skyscraper (Almoço no alto do arranha-céu) foi tirada por Charles Ebbets a 29 de Setembro de 1932, durante a construção do edifício Rockefeller Center. Onze operários da construção civil descansam à hora do almoço, sentados numa barra de ferro a centenas de metros acima da cidade de Nova Iorque. Situados no andar 69 do prédio nenhum trabalhador mostra sinal de medo ou pânico, limitando-se a agir com naturalidade: um acende o cigarro ao companheiro, o outro conversa com o amigo do lado e outro elemento lê o jornal.
Charles Ebbets tirou a fotografia quando realizava uma reportagem sobre as condiçôes precárias de segurança no trabalho dos operários da construção civil. A imagem foi publicada no suplemento de fotos de domingo do New York Herald Tribune a 2 de Outubro de 1932.

Lunch atop a Skyscraper, 29 de Setembro de 1932, Charles Ebbets

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Criando emoções com as mãos

Os fotógrafos holandeses Vinoodh Matadin e Inez van Lamsweerde criaram expressões faciais com o auxílio das mãos. Com muita originalidade e imaginação desenharam rostos, que transmitem várias emoções.

ESAP lança revista de fotografia

O curso de Artes Visuais e Fotografia da Escola Supereior Artística do Porto (ESAP) vai lançar uma revista de fotografia. Chama-se MAIOCLARO e vai ser apresentada oficialmente no dia 31 de Janeiro, no Centro Português da Fotografia, Porto.

Para mais informações: www.maioclaro.com

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Retratos

Albert Einstein, 1948, Yousuf Karsh


Mrs. Herbert Duckworth, 1867, Julia Margaret Cameron

Identical Twins, Roselle, N.Y, 1967, Diane Arbus

Marilyn Monroe, 1953, Alfred Eisenstaedt

Pablo Picasso, 1957, Irving Penn

Young migratory mother, California, 1940, Dorothea Lange

Isabel II, Buckingham Palace, 1968, Cecil Beaton

OIlhares organiza concurso de fotografia

O site Olhares, em parceria com a revista FHM, está a organizar um concurso de fotografia, com o tema moda/glamour. Qualquer fotógrafo inscrito em Olhares.com pode submeter 7 a 15 imagens até ao dia 28 de Fevereiro. As 10 melhores fotos serão publicadas na edição de Abril da revista FHM.
Para mais informações: http://olhares.aeiou.pt/

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

László Moholy Nagy (1895 - 1946)

László Moholy Nagy ficou conhecido por ter lecionado na escola Bauhaus. Fotógrafo, pintor e designer, os seus trabalhos foram influenciados pelo Construtivismo.
László Moholy Nagy nasceu a 20 de Julho de 1895 em Bácsborsód na Hungria. Aos 18 anos matriculou-se no curso de Direito da Universidade de Budapeste. A I Guerra Mundial viria a interromper os seus estudos, obrigando-o a combater. Lesionado em conflito, László retirou-se da guerra. Durante a recuperação teve o primeiro contacto com a pintura, em pequenos desenhos a aguarelas.
Mais tarde, com a derrota da República Soviética Húngara, exilou-se em Berlim, onde entrou em contacto com as correntes artísticas do início do século XX, do Futurismo ao Dadaísmo, passando pelo Construtivismo. A sua primeira exposição individual realizou-se em 1922.
De 1923 a 128, lecionou na escola de artes visuais Bauhaus, onde também foi responsável pela edição dos livros da instituição.
Em 1935, mudou-se para Londres e, logo a seguir, para os Estados Unidos da América, onde fundou a Nova Bauhaus, designada de Chicago Institute of Design.
László Moholy Nagy faleceu em Chicago em 1946.

Uma imagem, uma história

A auto-imolação do monge budista Thich Quang Duc é uma das imagens mais chocantes da história da fotografia.
A 11 de Junho de 1963, o monge Mahayana Thich Quang Duc, baptizado por Lam Van Tuc, ateou fogo a si mesmo, em protesto contra a política religiosa do governo Ngo Diem, no Vietname do Sul. O fotógrafo Malcolm Browne registou o momento em que estava a ser consumido pelas chamas.
Durante todo o processo de auto-imolação, Thich Quang Duc não aparentou qualquer sinal de dor ou sofrimento, mantendo-se imóvel do início ao fim, até o seu corpo ficar totalmente cabornizado.
A foto de Browne foi premiada no Pulitzer e no World Press Photo de 1964.

Thich Quang Duc, 11 de Junho de 1963, Vietname, Malcolm Browne

Sociedade Tradicional

A fotógrafa Tina Barney dedica-se a registar ambientes domésticos no seio da classe média e alta. Tradições, valores, vitórias, fraquezas e rupturas familiares são algumas das cenas do quoidiano captadas.

The daughters, 2003


Father and sons, 1996


Jill and Polly in the bathroom, 1987

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Clevr

No site Clevr é possível criar panorâmicas em poucos minutos. O utilizador apenas tem de fazer o upload de várias e imagens e esperar pelo resultado final.

http://www.clevr.com/

Ellen von Unwerth (1954 - )

Ellen von Unwerth é uma das fotógrafas de moda mais conhecidas da actualidade. Unwerth nasceu em Munique, Alemanha, em 1954. Antes de se tornar fotógrafa trabalhou como modelo durante dez anos.
O seu estilo próprio, caracterizado por imagens granuladas, a preto e branco ou com cores saturadas, atraiu as revistas de moda mais prestigiadas. Vogue, Guess, Vanity Fair e Interview são apenas das publicações onde está patente o seu trabalho.


Marc Riboud distinguido nos Sony World Photography Awards

O fotógrafo francês Marc Riboud, de 85 anos, foi reconhecido com o Prémio Carreira, atribuído pelos Sony World Photography Awards. Riboud ficou notabilizado pelas suas imagens citadinas de Paris e pelo retrato da Guerra do Vietname.
O fotógrafo vai receber o prémio na cerimónia dos Sony World Photography Awards, em Cannes, a 16 de Abril.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Andrew McConnell vence Prémio Internacional de Fotografia Humanitária

O fotógrafo irlandês Andrew McConnell foi o grande vencedor do XII Prémio Internacional de Fotografia Humanitária, organizado pela ONG Médicos do Mundo. A imagem premiada mostra a revolta de um menino num campo de refugiados no norte de Kivu, na República Democrática do Congo, onde se concentram 4.000 pessoas. Milhares de congoleses foram obrigados a abandonarem as suas casas devido à guerra.
No Prémio Internacional de Fotografia Humanitária foram inscritos 806 imagens, de 281 fotógrafos, de 43 países. As 31 fotos finalistas serão exibidas durante o ano em diversas cidades espanholas.
Campo de refugiados no norte de Kivu, Congo, 2008, Andrew McConnell

Guy Bourdin

video

domingo, 18 de janeiro de 2009

Multicol

O site Multicol permite aos utilizadores visualizarem fotos no Flickr de acordo com a tonalidade da imagem. Através da combinação de cores no gráfico é possível aceder a uma grande quantidade de fotografias. Por exemplo, se se optar por verde e azul as imagens que surgem aparecerão apenas com essas cores.

http://labs.ideeinc.com/multicolr/#colors=842959

Eadweard Muybridge (1830 - 1904)

Eadweard Muybridge ficou conhecido por captar o movimento de animais e de seres humanos. Através da utilização de várias câmaras, registava cavalos a correr ou simplesmente homens e mulheres nus a subir/descer escadas, a dançar ou a executar acções. Inventor do zoopraxiscópio – um dispositivo composto por um disco com as imagens coladas, girando em alta velocidade sob a superfície espelhada- Muybridge foi pioneiro nos retratos em movimento.
Edward James Muggeridge, mais conhecido por Eadweard Muybridge, nasceu a 9 de Abril de 1830 em Kingston, Inglaterra. Na década de 1850, mudou-se para os Estados Unidos da América, fixando-se em São Francisco, onde trabalha como agente e livreiro de um editor. A fotografia entrou na sua vida nos anos de 1860. Em 1867, tornou-se conhecido pelas imagens paisagísticas realizadas no Yosemite National Park.
Os seus trabalhos sobre o movimento são produzidos a partir da década de 1870. em 1872, foi contratado pelo governador da Califórnia Leland Stanford, um apreciador de corridas de cavalo, para demonstrar se os cavalos ao movimentarem-se tiravam as quatro patas do chão. A série The Horse in Motion, confirma que o cavalo ao correr levanta os quatro cascos.
A partir desse momento, Muybridge começa a realizar ensaios sobre o movimento, não só com cavalos, mas também com cães, e mais tarde, com humanos em corpos nus.
Eadweard Muybridge faleceu a 8 de Maio de 1904, em Inglaterra.

The Horse in Motion, 1872, Eadweard Muybridge

1887, Eadweard Muybridge

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Londres nocturna

O fotógrafo britânico Jason Hawkes, especializado em fotografias aéreas, registou uma série de imagens nocturnas de Londres, captadas de um helicóptero. A London Eye (roda-gigante à beira do Tamisa), a Regent Street (centro financeiro), o Stamord Bridge (o estádio do Chelsea) e o millenium Dome (centro de entretenimento) são apenas alguns dos ícones fotografados. Para realizar as imagens, Hawkes utilizou câmaras digitais de última geração e teve de colocar parte do corpo fora do helicóptero.

http://www.jasonhawkes.com/

CM Manteigas organiza concurso de fotografia

A Câmara Municipal de Manteigas está a organizar um concurso de fotografia, com os temas Manteigas e o Espaço Envolvente, (Re) cantos e Encantos e Rostos e Figuras.
Cada concorrente pode participar com o máximo de três fotografias por categoria, a cores ou a preto e branco, em formato de 20x30 cm.
As imagens devem ser entregues pessoalmente ou enviadas pelo correio para a Câmara Municipal de Manteigas até ao dia 13 de Março.
Para mais informações: http://www.cm-manteigas.pt

Berenice Abbott (1898 - 1991)

Berenice Abbott foi a primeira fotógrafa a ser admitida na Academia Americana de Artes e Letras, em 1983.
Berenice Abbott nasceu em Springield, Ohio, a 17 de Julho de 1898. No início da década de 1920, instalou-se em Paris, onde teve o primeiro contacto com a fotografia, como assistente de Man Ray.
Em 1926, Abbott abre o seu próprio estúdio, realizando retratos de artistas e escritores. Três anos depois, logo após a grande depressão, regressa aos Estados Unidos da América, onde realiza ensaios sobre o urbanismo e a arquitectura cidadina. O projecto Changing New York, um registo fotográfico dos prédios, da população e da paisagem urbana, é um dos seus trabalhos mais conhecidos.
A partir da década de 1950, começa a produzir imagens na área científica, centrando-se nos campos magnéticos e pêndulos.
Berenice Abbott faleceu em Nova Iorque em 1991, aos 93 anos.

Mightview, New York, 1932, Berenice Abbott


Flatiron Building, 23rd Street and Fifth Avenue, Manhattan, 1938, Berenice Abbott

Fotógrafo chileno vence "Year in Pictures"

O fotógrafo chileno Carlos Gutiérrez foi o grande vencedor do concurso Year in Pictures, organizado pelo programa de televisão Today Show, emitido na NBC. A imagem vencedora mostra uma tormenta eléctrica durante os primeiros dias de erupção do vulcão Chaitén, na região de Los Rios, no Chile.

Carlos Gutiérrez

domingo, 11 de janeiro de 2009

August Sander (1876 - 1964)

August Sander foi um dos retratistas mais conhecidos do século XX. Durante mais de 40 anos retratou a diversidade do povo alemão, documentando pessoas de todas as idades, classes sociais ou profissões. As suas imagens mostravam tanto o mineiro, como o estudante ou o sacerdote. O ensaio Pessoas do Século XX é uma verdadeira relínquia da história do povo alemão no início do século passado.
August Sander nasceu em Herdorf, Alemanha, em 1976. Aos 13 anos começou a trabalhar como aprendiz de mineiro. Três anos mais tarde, recebeu uma câmara fotográfica, com a qual realizou os primeiros trabalhos durante os tempos livres.
Em 1901 abandonou as minas para se dedicar ao estudo da pintura em Dresden. Nove anos depois, abre o seu estúdio de fotografia em Lindenthal. A partir desse momnto, começou a realizar o trabalho que o notabilizaria para sempre. Pessoas do Século XX, que o manteria ocupado durante 40 anos, retrata ao pormenor o povo alemão.
August Sancer faleceu em 1964 em Colónia.

Country Girls, 1925, August Sander

Young Farmers, 1914, August Sanger

Secretary at a Radio Station, 1930, August Sanger

Blinde Kinder beim Unterricht, 1930, August Sanger

Guy Bourdin (1928 - 1991)

Guy Bourdin foi um dos mais importantes fotógrafos de moda da segunda metade do século passado. Criativo e original, revolucionou o mundo da fotografia de moda com as suas imagens sensuais e provocantes, em cenários surrealistas e imaginários.
Guy Bourdin nasceu em Paris em 1928. Começou a expor os seus trabalhos no início da década de 1950. Durante 30 anos, colaborou com a revista Vogue, na qual publicaria os seus melhores trabalhos.
Ao longo da sua carreira, desenvolveu projectos, não só na área da moda como também no ramo da publicidade.




http://www.guybourdin.org/

Calendário Campari 2009

A marca de bebidas Campari já realizou o seu habitual calendário anual. No ano de 2009 a celebridade escolhida foi a modelo Jessica Alba. Ao todo são 13 fotografias realizadas pelo fotógrafo peruano Mario Testino. Red Passion, paixão vermelha, é o tema da nona edição, que conta apenas com 9.999 unidades.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Crianças, um retrato fotográfico

Tina Modotti

David Szymin


Diane Arbus

August Sanger

Alfred Eisenstaedt